sábado, 13 de fevereiro de 2016

Professores decidem em assembleia geral lutar pelo Piso Nacional na mesa de negociação.

Os professores rejeitaram a proposta do governo do Estado de abono salarial de 11,48% na assembleia geral realizada na tarde desta sexta-feira (12/02) pelo Sindicato dos Professores da Rede Pública de Ensino do Estado do Acre (SinproAcre). A categoria deliberou para a busca por um diálogo na mesa de negociação, reivindicando o Piso Nacional do Professor de Nível Superior, que chega a R$ 2.402,60, em ordem crescente para cada letra.

De acordo com a presidente do SinproAcre, Alcilene Gurgel, o governo já adiantou que não poderá conceder reajuste salarial para nenhuma categoria este ano. “A assembleia referendou essa proposta e por ela que vamos brigar. A proposta do governo é em forma de abono que poderá no final da terceira parcela ser incorporada ao salário. Nós propomos a incorporação na tabela para que assim o reajuste contemple os ativos, aposentados e professores provisórios”, detalhou.
O próximo encontro entre a diretoria do sindicato e a equipe de negociação deve ocorrer já nesta semana que vem. “Por enquanto não tratamos de greve. Vamos negociar. Mas, se preciso for, nós vamos para rua defender o direito da categoria sim”, adiantou Alcilene.

Segundo o vice-presidente do SinproAcre, Edileudo Rocha, a proposta consiste no pagamento da primeira parcela em janeiro de 2017, a segunda seria para julho de 2017 e a terceira para janeiro de 2018.
“Num primeiro momento propomos a primeira parcela para 2016, mas o governo recusou, mas aceitou conversar com os parcelamentos começando em 2017 e terminando em 2018. A categoria aceitou essa proposta. O que queremos é uma garantia do governo que o novo piso será concretizado pelos próximos dois anos”, destacou o vice-presidente.


(Assessoria: Bruna de Albuquerque Lopes)

Asareat realizará reuniões neste fim de semana nas comunidade Boa vista E Duas Nações. Sócios e moradores estão convocados.

O presidente da Associação dos Seringueiros e Agricultores da Resex do Alto Tarauacá, (João Braz), estará realizando 2 (duas) reuniões nas comunidades Boa Vista e Duas Nações, onde estará conversando sobre Organização Comunitária, andamento de projetos já existentes, fazendo associações de novos membros, emitindo carteira de sócios e recolhendo as contribuições.


Será discutido também a entrada de novos moradores, exploração ilegal de madeira, conflitos entre vizinhos entre outros. As reuniões acontecerão as 9 horas da manhã de sábado (13) na escola José Reginaldo no Seringal Boa Vista e Escola Odília Dourados Seringal Duas Nações também as 9 horas da manhã de domingo 14 de fevereiro. 


Essas reuniões devem, em breve, se estender até as ultimas comunidades do baixo Rio Tarauacá, nos seringais Tabocal, Alagoas, Nazaré, Jaminawá, Massapê, Xapuri e Maranhão.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Piloto sabia que bimotor estava com problema; avião quase caiu há duas semanas em Santa Rosa.

Uma das passageiras da aeronave, Luana Vieira Lima, 24 anos, será submetida a duas cirurgias, uma no nariz, e outra em um osso do rosto, que ficou fraturado.

O avião que caiu na tarde desta quarta-feira (10) nas proximidades do aeroporto de Manoel Urbano já havia apresentado problemas há cerca de duas semanas, quando teve que retornar para Santa Rosa do Purus poucos minutos após sua decolagem.

O morador diz que a aeronave tem bastante tempo de uso e que também apresentou outros problemas técnicos no aeroporto de Manoel Urbano há poucos dias. “O proprietário é um bom piloto, mas precisa ter mais cuidado com a manutenção da aeronave, que vem apresentando muitos problemas”, observa.

O funcionário público Oscar Lopes, 29 anos, disse que ficou desesperado ao receber a notícia que um avião tinha caído após a decolagem, em Manoel Urbano. Sua esposa, Luana Vieira de Lima, 24 anos, estava na aeronave. “Graças a Deus que ela está bem, apesar de ter que fazer duas cirurgias, uma no nariz, e outra em um osso do rosto, que ficou fraturado”, disse à ContilNet.

Apesar de estar ansioso para ver a esposa, Oscar falou com a reportagem da ContilNet e disse que acidentes acontecem, e que tudo o que que agora é rever a esposa, que encontra-se hospedada na casa de parentes, em Rio Branco. Oscar só conseguiu chegar à Capital na tarde desta quinta (11).

Uma das crianças que estava no voo era Nauane Aguiar, de 9 anos. Ela sofreu uma grande pancada em um dos joelhos, mas segundo sua mãe, Gorete Aguiar, os exames realizados em Rio Branco, na noite desta quarta-feira, não acusaram nenhum problema grave.

Escapou da queda
O cabeleireiro Edney Campos ficou toda manhã de quarta-feira esperando uma vaga no avião bimotor que caiu minutos após a decolagem. Ele embarcaria para Santa Rosa do Purus, onde trabalha a muitos anos cortando cabelo, mas teve que ficar em Manoel Urbano porque o voo estava lotado.


O piloto Maycon dos Santos Cunha, de 28 anos, e mais cinco pessoas que viajavam com ele, nesta quarta, já foram liberados do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), onde ficaram internados após a queda da aeronave.

Contilnet.com

Gemil é anunciado como novo secretário de Saúde; Detran, Imac e Funtac também mudam gestores.


Tião Viana afirmou que Armando Melo alegou motivos pessoais para pedir exoneração do cargo da pasta de Saúde.

Em entrevista coletiva realizada na Casa Civil, o governador do Acre, Tião Viana (PT), anunciou a substituição de quatro secretários de Estado, incluindo a pasta da Saúde e Detran.

Tião Viana afirmou que Armando Melo alegou motivos pessoais para pedir exoneração do cargo de secretário de Saúde. Para assumir a cadeira deixada por Melo, o governador anunciou o nome do gestor de Gemil Júnior, que deixa a direção do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). “Essas são as mudanças que se fazem necessárias, são remanejamentos”, disse Viana.

Para assumir a chefia do Detran, o Palácio Rio Branco escolheu o nome de Pedro Longo, que desde 2015 tinha a presidência do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac). Quem assumirá o órgão ambiental interinamente será o seu atual diretor, Paulo Viana.
Outra troca anunciada foi a do diretor-presidente da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), Abib Alexandre, que pediu exoneração e será sucedido por Silvia Luciene Basso.

Logo após o anúncio oficial de que será empossado como secretário de Saúde, Gemil Júnior afirmou que encara com boa disposição e comprometimento o novo desafio. Ele afirma que entre suas metas à frente da Sesacre está a de reduzir as filas de usuários em busca de atendimento, e ressaltou que as negociações com o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde irão prosseguir do exato ponto deixado por Armando Melo.

“Sabemos do imenso desafio que é gerir a Secretaria de Saúde e iremos juntos, com todos os servidores, melhorar o atendimento”, disse.

Pedro Longo que foi empossado diretor do Detran afirmou que continuará o trabalho deixado por Gemil Junior, ressaltando que irá buscar exercer o cargo da melhor forma possível.

“Iremos continuar o trabalho deixado pela ex-diretora Sawana Carvalho e Gemil. Continuar buscando a redução dos acidentes de trânsito e oferecendo um serviço de qualidade”, declarou.

Contilnet.com

Deputado denuncia atraso em obra da maternidade de Feijó; grávidas têm que dar à luz em Tarauacá.

A obra orçada em quase R$ 1 milhão foi iniciada em outubro de 2013, com previsão de entrega de 180 dias, mas ainda encontra-se inacabada.
O líder do PSDB na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga, denunciou na sessão desta quinta-feira (11) que as obras de construção do centro educativo de Feijó ainda não foram concluídas após terem sido iniciadas há mais de cinco anos. O tucano afirmou que o Estado segue pagando alugueis do prédio onde o centro funciona provisoriamente.

O parlamentar denunciou ainda o atraso na entrega da maternidade de Feijó. A obra orçada em quase R$ 1 milhão foi iniciada em outubro de 2013, com previsão de entrega de 180 dias, mas ainda encontra-se inacabada. O tucano esteve acompanhado do presidente do PSDB no Acre, o deputado federal Wherles Rocha, onde divulgaram vídeo do local da obra.

“A maternidade já deveria está recebendo as parturientes, mas elas precisam se deslocar até Tarauacá para poder dar à luz”, disse Rocha.


Sobre a obra do centro socioeducativo da cidade, Gonzaga disse que a obra teve início em 2010, e que nos últimos dois anos o local foi completamente abandonado. O parlamentar classificou a situação como vexatória. “É mais uma obra que não foi concluída e que por conta disso o Estado continua pagando aluguel. Isso é um descaso com o dinheiro público”, criticou.

Luiz Gonzaga afirma que o governo do Acre investiu R$ 3 milhões na obra, fruto de convênios com o BNDES, e que o centro deveria ter sido entregue em 18 meses após o início da construção. “Tudo lá está abandonado. Os vigias que trabalhavam no local estão há oito meses sem receber. A Eletroacre cortou o fornecimento de energia” disse.


Segundo o parlamentar, “não pode de forma nenhuma um governo ser tão incompoetente”. “Desde 2010 gastaram mais de R$ 3 milhões, mas o centro educativo ainda está funcionando em uma casa alugada em Feijó. O aluguel está atrasado há noves meses, e o proprietário do imóvel disse que não vai mais renovar o contrato. Quem vai pagar a conta é o povo acreano de uma obra que está abandonada e se acabando. Portanto, eu estou apresentando uma indicação para que o governo conclua a obra e coloque em funcionamento”, destacou o líder do PSDB.

Os inimigos de Lula e os milhões de Silvas.

"Não parece razoável o que estão fazendo com o Lula". A frase do tucano Luís Carlos Bresser-Pereira poderia ser o sinal da tão esperada distensão politica, mas não é por um único motivo: Lula não é adversário, é inimigo. Ao adversário se estende a mão, reconhece-se a sua dignidade humana e se respeita as regras do jogo. Lula nunca foi aceito. Desde o primeiro dia do primeiro mandato, Lula tem sido submetido a um ataque sistemático.

A Folha de S. Paulo investigou uma tal propensão genética da família Silva ao álcool, a Revista Veja já celebrou o 'câncer do presidente' e o Globo já apresentou Lula como presidiário em suas charges. Tudo isso sem falar na violência sanitarizada dos telejornais da Globo com seus apresentadores cinicamente consternados com a corrupção no país, enquanto o nome emissora (agora a RBS) aparece em mais um escândalo fiscal. Na ausência absoluta de padrões éticos jornalísticos, nos resta perguntar se a raiva irracional de William Waack contra Lula, Hugo Chaves e Cristina Kirchner, por exemplo, não seria o caso de tratamento psiquiátrico.

No fundo no fundo, até os incendiários Aécio Neves e Carlos Sampaio sabem que "não é razoável" como a imprensa trata o ex-presidente Lula. Mas Lula da Silva foi longe demais em sua loucura política de desafiar o establishment; e olhe que para aqueles de nós frustrados com o PT, Lula fez muitas concessões e perdeu a oportunidade de fazer as mudanças radicais que o Brasil tanto precisa; entre elas a urgente e cara ley dos médios, a reforma agrária, e a justiça tributária. Inútil chorar o leite derramado aqui porque ele segue derramando. O governo Dilma Rousseff continua implacável no mesmo script, com o agravante de que em sua tecnicidade Dilma nega a politica, se afasta do povo e afasta de vez a esperança na tão sonhada virada de mesa do primeiro governo, do segundo, do terceiro, do quarto.

Ainda que Lula tenha alimentado os seus próprios predadores na esperança inútil de que fazendo concessões estratégicas a elite permitiria um governo popular, ir 'as ruas defendê-lo é um dever de todos aqueles com um mínimo de educação politica e de perspectiva histórica. A perseguição implacável que sofre é um indicativo das suas virtudes não dos seus defeitos. Lula não é atacado porque fez menos do que o Brasil precisa, mas sim porque ousou arranhar a centenária estrutura hierárquica do país trazendo os pobres para o debate nacional. A não ser que as forças políticas de esquerda corroborem com o moralismo dirigido do conglomerado policial-midiático segundo o qual o PT é o partido mais corrupto da historia, a perseguição implacável a Lula deveria despertar uma solidariedade política estratégica. A mensagem é clara aqui: se Lula, com suas concessões pragmáticas, se converteu em inimigo mortal, imagine a maquina de guerra que seria montada contra um hipotético governo muito mais 'a esquerda? Talvez o tratamento editorial da Globo ao presidente venezuelano Hugo Chaves – o sorriso mal disfarçado dos apresentadores da Globo News com a sua morte - nos dê uma milésima dimensão de como seria o terror midiático a um projeto político radical que as forças mais a' esquerda do PT defendem e que o Brasil urgentemente precisa.

Que a imprensa trate Lula como inimigo é explicável e deveria até fazer bem ao ego do ex-presidente. Ter a mídia como inimiga é um termômetro importante. O que não é razoável é o silencio das esquerdas com a violência politica da qual o ex-presidente é vitima, como se os movimentos sociais e os partidos neste espectro políticos não fossem os próximos da fila. Eles virão por nós!

Não é uma incongruência defender o legado de Lula da Silva e criticar o pragmatismo político que nos trouxe ao momento atual. Tampouco se trata de relativização moral porque o que está em questão aqui não é provar sua inocência. Tarefa inútil. Há neste momento toda uma estrutura estatal, incrivelmente sob o comando do ministro da Justiça do PT, para encontrar um 'crime' praticado pelo ex-presidente. Perguntar não ofende: quem de nós sobreviveria a tamanha cruzada policial-midiática? Não me refiro a uma checagem de antecedentes criminais ou a uma varredura em contas no exterior, mas a todo um aparelho policial estatal orientado a encontrar um crime, um arranhão na biografia, um desvio na conduta dos filhos, dos vizinhos, dos amigos.

Não há tempo a perder. Se há alguma lição a se aprender do julgamento do 'mensalão' é que a defesa de Lula da Silva deve acontecer nas ruas e nas mídias sociais porque é perda de tempo lamentar a inimputabilidade tucana sob a plutocracia judiciária. Juízes, promotores e delegados têm alma, classe social e partido político. Senão, como explicar as aberrações jurídicas com assento na suprema corte e com suas retóricas anti-petistas nos e fora dos autos? Leigos nos assuntos legais, eu e meu sobrinho de sete anos sabemos que "não é razoável" que um juiz falastrão utilize suas prerrogativas (e o nosso dinheiro!) para militância político-partidária e que seja endossado pelo silencio ensurdecedor dos seus pares. Mania de perseguição? Nas mãos petistas um cartão corporativo, uma tapioca, uma canoa de lata ou o empréstimo de um sitio em Atibaia têm mais peso policial-midiático do que um apartamento na Avenida Foch, no centro de Paris, um helicóptero com meia tonelada de cocaína, as fraudes do metro paulistano, ou cinco milhões de dólares em bancos suíços.

A tentativa de assassinato da biografia da figura mais marcante da vida política nacional contemporânea tem um outro significado importante. Com o assassinato politico de Lula abre-se caminho para o desmonte da política soberana do pré-sal e para o retrocesso nas conquistas sociais como o Bolsa Família e as cotas raciais nas universidades publicas. É o que está por trás da violência contra Lula da Silva e é o que deveria nos unir em sua defesa.

A história haverá de colocar em seus devidos lugares dois presidentes, em dois brasis e com duas trajetórias distintas. Um, (o presidente-sociólogo, poliglota, membro da Academia Brasileira de Letras, descendente de imigrantes portugueses, frequentador dos círculos acadêmicos norte-americanos) levou a cabo um criminoso programa de privatizações do patrimônio público e alienação da soberania nacional. O outro, (o presidente nordestino, metalúrgico, sem formação superior, e sem etiquetas no falar) resgatou a esperança de milhões de brasileiros submetidos à humilhação da fome e da seca. Nossos netos lerão nos livros de história sobre um presidente semi-analfabeto, que abriu as portas do ensino superior para milhões de jovens condenados por um presidente-sociólogo a repetir os passos dos seus pais envelhecendo fora das universidades.

A história não poderá apagar o nome do presidente nordestino que, não sendo poliglota como o presidente-sociólogo, inseriu o Brasil como país soberano na cena politica mundial. Talvez quem hoje tenha 20 anos de idade ou nasceu sob o governo do PT não tenha um parâmetro para comparar o que era a vida dos mais pobres uma década. Eu tenho. Como jovem e membro da Pastoral da Criança, durante os últimos resquícios da teologia da libertação no interior da Bahia, eu conheci de perto a fome, a desnutrição e a morte. Pesávamos crianças raquíticas, de pais raquíticos, com salários raquíticos. Era morte produzida pelas politicas sociais do presidente sociólogo e sua turma. Agora eles perseguem a capa do jornal matutino com Lula da Silva algemado. Talvez ganhem a foto, mas perderão o sono. 

Jaime Amparo Alves, natural de Ipiaú/BA.
Doutor em Antropologia Social pela Universidade do Texas em Austin e professor de sociologia e antropologia da City University of New York (CUNY/CSI) 

Portal Vermelho


terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Igreja Assembleia de Deus realiza culto em Ação de graça em homenagem ao aniversário do Pastor Paulo Sérgio.

Ana Paula, Marilene Sales e Pr. Paulo Sérgio
A Igreja Assembleia de Deus em Jordão realizou na noite deste domingo 7, um culto de ação de graça pela passagem de aniversário dos seus 47 anos do Pastor Paulo Sérgio de Araújo Sales além dos 6 anos como pastor Presidente da Igreja local.

Paulo Sérgio é natural de Rio Branco, casado com Dona Marilene da Silva Sales é pai dos jovens Sérgio Paulo e Ana Paula. Durante  o culto deste domingo não faltaram homenagem vida dos irmãos/irmãs e departamentos.

Felicidades Pastor, estamos felizes em pode agradecer ao nosso senhor Jesus por mais um ano de vida do nosso Pastor. Para nós é uma alegria imensa tê-lo como o nosso líder espiritual e sua dedicação a nossa igreja.

Ter um pastor que está de prontidão para nos atender e saber que podemos contar com ele nos momentos mais difíceis acalma nosso coração. Por isso essa data é tão significativa para nós.

Para a nossa igreja o senhor é um homem precioso enviado por Jesus e hoje queremos desejar muita saúde e que muitas bênçãos sejam despejadas na sua vida!


Blog Jordão Agora

CIÊNCIA: 4 possibilidades para o apocalipse segundo Stephen Hawking

O mundialmente famoso físico britânico Stephen Hawking foi convidado pela rádio BBC 4 para conversar sobre vários temas, e um deles era sua visão de “fim do mundo”. Hawking levantou quatro possiblidades para como a vida na Terra, ou pelo a vida dos humanos na Terra, poderia chegar ao fim.

Ele explica que, atualmente, nenhuma dessas possibilidades tem chances muito altas de se concretizar. Contudo, a cada ano, esses desastres se tornam mais possíveis, uma vez que as condições para isso estão se acumulando em velocidade considerável. Confira as quatro possibilites para o fim da humanidade segundo o físico.

1. Inteligência artificial

Assim como muitos cineastas e roteiristas, Hawking acredita que a criação de uma máquina com inteligência artificial plena, capaz de superar ou igualar a capacidade humana, seria algo muito perigoso.
“As máquinas iriam evoluir sozinhas, refazer o próprio projeto a uma velocidade cada vez maior. Humanos, que são limitados por uma evolução biológica lenta, não poderiam competir e seriam substituídos” disse ele à BBC.

Uma imensa variedade de filmes aborda essa possibilidade, sendo a franquia O Exterminador do Futuro a mais icônica dos tempos atuais.

2. Guerra nuclear

Hawking acredita que a proliferação de armas nucleares pelo mundo só torna a nossa situação mais perigosa. Caso uma guerra nuclear irrompa, o atual arsenal de armas desse tipo já tem capacidade para extinguir toda a vida no planeta.




3. Vírus criado

A engenharia genética é uma área muito importante para o avanço da ciência na área da saúde, mas é também a que mais levanta preocupações quanto a possíveis acidentes. Imagine se um vírus criado pelo homem acabasse escapando de um laboratório e infectasse todo mundo em uma pandemia?

“No longo prazo, fico mais preocupado com a biologia. Armas nucleares precisam de instalações grandes, mas engenharia genética pode ser feita em um pequeno laboratório. Você não consegue regulamentar cada laboratório do mundo. O perigo é que, seja por um acidente ou algo planejado, criemos um vírus que possa nos destruir. Não acho que a raça humana vai sobreviver aos próximos mil anos, a não ser que nos espalhemos pelo espaço. Há muitos acidentes que podem afetar a vida em um único planeta”, teme o físico.

4. Aquecimento global

Hawking acredita que, na pior das hipóteses, a Terra poderia se tornar um planeta como Vênus devido ao aquecimento global. Ele explica que esse efeito é uma das consequências mais graves da nossa ação no mundo. A partir de certo ponto, o aquecimento global poderia se tornar um ciclo vicioso em que, quanto mais quente, mais calor o planeta seria capaz de absorver do Sol.

“O derretimento das calotas polares vai reduzir a quantidade de energia solar refletida de volta para o espaço e, assim, aumentar ainda mais a temperatura. Não sabemos se o aquecimento global vai parar, mas o pior cenário possível é que a Terra se transforme em um planeta como Vênus, com uma temperatura de 250 graus na superfície e chuvas de ácido sulfúrico”, imagina Hawking.

BINGO BENEFICENTE: Participe você também.

Alguns jovens do município de Jordão, estão se organizando para realizar um bingo beneficente em favor da pequena Maria Johana de 11 anos que mora em Tarauacá. O grupo já teve apoio de várias pessoas como os funcionários do Hospital da Família, panificadora Vitória, Comercial S. N Olanda, Jucimar Farias e Familia, Deputado Jesus Sérgio, Tom Sérgio, Consultório Top Dente, Laboratório Citolab, Farmalab, Equilab de Cruzeiro do Sul, Marcenaria Tupi Guarani e Blogueiros/Comunicadores.     

Johana é filha de Alderlândia Fernandes servidora público pelo município de Jordão mas que reside em Tarauacá e por isso tem enfrentado algumas dificuldades com relação aos seus vencimentos. Johana é portadora de Glaucoma congênito e encefalopatia crônica e desde os 18 meses de idade faz tratamento, agora aos 11 anos Johana perdeu totalmente a visão.

O Bingo será realizado dia 6 de março no calçadão da Avenida Francisco Dias em frente a prefeitura de Jordão.  

Com a graça de Deus Johana foi contemplada com um tratamento de córnea no hospital de Sorocaba –SP e é essa a esperança que ela traz consigo para recuperar sua visão e voltar a enxergar normalmente.
Se você se sensibilizou com a história desta pequena guerreira e quer contribuir para a realização do Bingo entre em contato com as pessoas abaixo:

Roberta Braz (Fone: 8408-7635 ou 99784861)
Priscila Farias (Fone 8405-7542)
Carlos Sandro (Fone: 8427-1970)
Sirlândia Vieira (Fone: 8425-8177)
Marcelo Glayson (Fone: 8428-7650)
Daira Oliveira (Fone: 8404-4910)  


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Carta governamental é lida durante primeira sessão do ano na Aleac.

Os trabalhos legislativos começaram nesta terça-feira, 2, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Na sessão solene, os avanços conquistados pela gestão foram destacados durante leitura da mensagem governamental, feita pela procuradora-geral do Estado, Maria Lidia Soares, que representou o governador Tião Viana.

Segundo a procuradora, “mesmo diante dos êxitos e conquistas, o governo não poderia deixar de falar de suas dificuldades, que o tem levado a buscar alternativas econômicas para se encarar o cenário crítico nacional”. A mensagem pontuou a efetividade das ações realizadas no estado nos setores da educação, saúde, produção rural, industrialização, sustentabilidade e outros.

Na oportunidade, os investimentos que consolidaram a diversificação da base econômica, com o fortalecimento de cadeias produtivas sustentáveis foram lembrados. Ainda, frisou-se o aumento das receitas totais do Estado, que entre o período de 1998 e 2015, cresceram mais de 800%.

“Para 2016-2018, mesmo diante de um cenário de retração da economia mundial e das incertezas dos mercados, o governo do Estado do Acre manterá os níveis de investimento, visando dar continuidade aos projetos estruturantes de desenvolvimento do estado”, dizia a carta governamental.

Em seu pronunciamento, o deputado estadual e líder do governo na Assembleia, Daniel Zen, disse: “É uma satisfação ver os dados apresentados, que denotam o grau de resolutividade de ações e políticas públicas de um governo, que vem desenvolvendo o estado, arrecadando mais receitas próprias do que mesmo transferências da União. Isso significa crescimento”.

Além da sociedade civil e gestores presentes, compuseram a bancada a presidente do Tribunal de Justiça, Cezarinete Angelim, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Roberto Barros, o conselheiro do Tribunal de Contas, Ronald Polanco, e o primeiro secretário da Aleac, Manoel Morais.

Fonte: Assecom


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Governo do Acre conclui 100% do programa Ruas do Povo em Acrelândia.

Acrelândia vive uma fase revolucionária na infraestrutura. Pela primeira vez na história, grande parte da área urbana passou por intensas obras de urbanização. O governador Tião Viana esteve no município, na manhã desta terça-feira, 2, para acompanhar a conclusão de 100% das obras do programa Ruas do Povo. Os investimentos foram da ordem de R$ 16 milhões.
O diretor do Departamento de Pavimentação e Saneamento do Acre (Depasa), Edvaldo Magalhães, conta que foram 25 quilômetros de ruas asfaltadas, incluindo a principal, Sebastião Bocalom Rodrigues Júnior, além das
duplicações. “Mais de mil ligações de água, e mais de oito quilômetros de rede de drenagem, que dão qualidade e vida longa às obras”, explicou o gestor.
Para Tião Viana, o ato representa um esforço que não tem registro na história de Acrelândia, pois é um indicador de qualidade de vida que garante à redução da mortalidade infantil e o direito à mobilidade urbana.
“Isso é uma mudança profunda nessa cidade, nós estamos falando de um trabalho de 23 quilômetros de ligação de água, isso é mais do que Acrelândia tinha, e nós conseguimos fazer pelo programa Ruas do Povo. Isso equivale a mais de 70 ruas se fossemos contar com as duplicações”, conta o governador.
O prefeito Jonas Dales, afirmou que as obras têm transformado a vida dos moradores. “É o saneamento básico chegando pra gente. Só temos a agradecer ao governo pelo compromisso e pelo enorme carinho que tem por Acrelândia”, afirmou o prefeito.
O sonho da mobilidade urbana
A moradora Denair Gomes fez questão de ir à porta de casa para dizer ao governador o quanto a comunidade do bairro está feliz com a conclusão das obras. “Quando eu cheguei aqui era só mata e lama. No inverno a gente ficava preso em casa. Agora é uma maravilha. A gente sai de dentro de casa e está na beira do asfalto. Um sonho.”, conta a dona de casa.

Tião Viana contou, ainda, que o governo já está com um arranjo técnico para levar o programa Ruas do Povo para a Vila Redenção, uma das comunidades mais antigas e que possui uma das mais belas histórias de imigrantes que aprenderam com a força do trabalho rural no estado.

Fonte: Assecom

Câmara Municipal de Jordão começa a ser reformada.

Aleluia! Glória aos santos! Enfim, a reforma do prédio da Câmara de vereadores de Jordão prometida pela atual mesa diretora, quando oposição, teve início nesta quarta-feira, 03. A reforma inclui a troca do piso, cobertura e a  troca de moveis. 

Durante os quatro anos de gestão do vereador Francisco Guimarães "Chicão" ( PCdoB), os vereadores conviveram num ambiente insalubre, quando chovia era necessário o uso de sombrinha. Os armários foram destruídos por conta da falta de cuidados. A oposição cobrava por um reforma, Chicão alegava falta de recursos, e nisso o prédio da Câmara continuava uma verdadeira vergonha.

Em 2015, a oposição PSDB/PMDB depois de uma articulação política que culminou até no esconderijo do vereador Chico Sereno (PCdoB) conseguiu vencer a eleição da mesa diretora. Umas promessas de campanha seria reformar o prédio da Câmara. Tudo indicava que haviam se esquecidos, mas as cobranças dos eleitores começaram a ecoar principalmente nos grupos de whatsap cobrando o prometido. Diante das cobranças, o presidente da Câmara ,Zé Cariolanda, que deixou o PSDB e caiu nos colos do PDT ( partido aliado do prefeito Élson ), juntamente com a primeira secretária da Casa , Zeina Melo (PMDB) deram i início a reforma. 

Segundo Zeina Melo, a obra deve levar um mês para ficar pronta. 

Essa reforma cai como um "luva" nas mãos de Zeina Melo, articuladora da vitória do presidente, que prometia fazer o que todos esperavam: reformar a Casa do povo. 



Por Leandro Matthaus 


terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Governo decreta situação de emergência pela introdução de zika e chikungunya.



O governador Tião Viana decretou na manhã desta terça-feira, 2, situação de emergência estadual em razão da introdução do zika vírus e chikungunya, registrada no país. O anúncio foi feito após reunião de Tião Viana com os secretários de Saúde do Estado, Armando Melo, e de Comunicação, Andréa Zílio, ocorrida na Casa Civil. O decreto vale por 180 dias.


Armando Melo ressalta que o documento permite que o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), tome providências mais enérgicas com relação ao combate ao mosquito Aedes aegypti.


“As ações que a Sesacre já vinha executando serão reforçadas. Não temos casos de zika e chikungunya confirmados pelo laboratório de referência para o Norte e Nordeste, Instituto Evandro Chagas, mas por uma questão de prevenção, de controle e monitoramento e, para evitar que tenhamos que tomar medidas repressivas, o governador, em contato com a Presidência da República, decreta esta situação de emergência estadual”, explica.


O secretário destaca ainda que a determinação é evitar que o mosquito Aedes aegypti se prolifere no Acre e cause risco à população. Armando melo lembra que o governo do Acre já vem executando ações no combate ao mosquito em atividades coordenadas e executadas pela Sala de Comando e Controle de Combate à Dengue, Zika e Chikungunya.


“Há o esforço e as providências de governo, mas nós contamos com a população para fazer esse enfrentamento ao mosquito. A situação preocupa inclusive a Organização Mundial de Saúde [OMS]”, concluiu Melo.


Assessoria Sesacre

Senador Sérgio Petecão e o Prefeito Elson Farias comemoram chegada das Mini carregadeiras em Jordão.

Os equipamentos chegaram a Jordão na segunda-feira
O senador Sérgio Petecão (PSD) comemorou nessa terça-feira (02) juntamente com o Prefeito Élson Farias (PCdoB), a chegada de duas (2) mini carregadeiras ao município de Jordão. O investimento, de R$ 375 mil, foi viabilizado por Petecão, junto ao Programa Calha Norte, do Ministério da Defesa. 

Com parte do recurso, a prefeitura também adquiriu uma vassoura mecânica e uma fresadora de asfalto — equipamentos que podem ser acoplados às mini carregadeiras, permitindo outras funcionalidades. As máquinas vão contribuir diretamente com a manutenção da infraestrutura municipal. “Essas mini carregadeiras trarão inúmeros benefícios ao município de Jordão. Elas possibilitam a acoplagem de vários outros assessórios, facilitando o trabalho de limpeza da cidade entre outros serviços” afirmou o senador.

De acordo com o prefeito Élson Farias (PCdoB), os equipamentos adicionais –  Vassoura mecânica e a fresadora de asfalto - já estão sendo embarcados em Tarauacá e deverão chegar nos próximos dias a Jordão.


Quadra de grama sintética de Jordão
Jordão também está prestes a ganhar sua primeira quadra de grama sintética. O investimento, R$ 292 mil, também foi viabilizado por Sérgio Petecão. Parte dos recursos já está depositada na conta da Prefeitura.

“É ótimo poder contribuir com essa vitória para a população de Jordão. Pretendo estar nos próximos dias no município para a entregar das “minis” e acompanhar o início da obra da quadra de grama sintética”, disse Petecão.

Assessoria do Senador

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Reportagem do Jornal Nacional afirma que Acre está longe do ideal para tratamento do câncer.


“Jornal Nacional” afirma, em reportagem, que AC ficou meses sem equipamento de radioterapia; “no papel é tudo fabuloso”, afirma presidente de associação.

Uma reportagem do “Jornal Nacional” veiculada na última terça-feira (26) mostrou um pouco da realidade do tratamento do câncer no Acre. O material, que trouxe um panorama do tratamento da doença no Brasil, mostra que o Acre apresentou deslizes, no ano de 2015, com relação à aquisição e manutenção de equipamentos e medicações, conforme recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Dentre os principais problemas enfrentados no País, no que diz respeito ao cumprimento das normas, está as medicações e a manutenção de equipamentos. A reportagem destaca que no Acre, por exemplo, o único equipamento de radioterapia ficou quebrado por sete meses. O que a produção do “Jornal Nacional” não sabe é que foram necessários, pelo menos, nove meses para que o equipamento fosse consertado.
Em outros Estados, a situação também preocupa. No Amapá, equipamento de radioterapia não existe. Falta também em Roraima. O Nordeste só tem 30% da cobertura de radioterapia recomendada pela OMS.

A radiografia é fundamental para tratar cerca de 60% dos casos de câncer, de acordo com a Sociedade Brasileira de Radioterapia. Em 2012, o Ministério da Saúde anunciou a compra de 80 aparelhos. O presidente da Sociedade Brasileira de Radioterapia, Eduardo Weltman, afirma que, na realidade, não é bem assim.

“A hora que você vê no papel e como foi concebido é fabuloso”, afirma e dispara: para sair do papel, o programa de expansão da radioterapia precisaria de coordenação, do empenho de governos e hospitais.
“Tem vários colegas meus que trabalham pro SUS, que trabalham em santas casas, hospitais beneficentes, onde os aparelhos deles estão se sucateando porque não tem como pagar as peças.”


TJAC realiza com brilho Sessão Solene de Abertura do Ano Judiciário.

abertura_ano_judiciario_tjac_25
Solenidade foi marcada pelo encontro e partilha entre os poderes e as funções essenciais da Justiça e fortalecimento da Instituição.
Nem o mais cético interlocutor teria alguma dúvida se tivesse frequentado o Plenário do Tribunal de Justiça do Acre nesta quarta-feira (27): a Sessão Solene foi mesmo diferente; seja pela Abertura do Ano Judiciário, seja pelas rosas brancas simbolizando a paz, entregues pela desembargadora-presidente Cezarinete Angelim às autoridades da Mesa de Honra, ou ainda pelos acordes de violino que enterneceram a alma dos ouvintes, com A Primavera, das Quatro Estações, do italiano Antônio Vivaldi.
O fato é que todos reconheceram o brilho da cerimônia, à qual compareceram os membros da Corte de Justiça Acreana; a chefe do Gabinete Civil, Márcia Regina, representando o governador do Estado; o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Ney Amorim; o presidente da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac), juiz de Direito Giordane Dourado; o representante do Ministério Público Estadual, procurador de Justiça Carlos Maia, e o presidente da OAB-Seccional Acre, Marcus Vinícius.
abertura_ano_judiciario_tjac_1
A fala inicial da presidente, declarando a abertura dos trabalhos, e a execução do Hino Nacional, deram o tom inicial à solenidade, prestigiada por considerável número de autoridades de diversas instituições, magistrados, servidores, diretores, gerentes, assessores e secretários da Instituição.
Um vídeo institucional que fora exibido, produzido pela Diretoria de Informação Institucional (Diins) do Tribunal, trouxe as principais ações desenvolvidas no primeiro ano de gestão.
Em seguida, o diretor de gestão estratégica, Neto Thaumaturgo, apresentou os principais pontos do Plano de Gestão, destacando que a atual gestão já cumpriu (em apenas um ano) 70% de tudo o que estava planejado para ser executado nos dois anos (Biênio 2015-2017).
Leia mais aqui

Casal Jordanense perde filho na maternidade de Tarauacá pede providência das autoridades.

Como pai eu pergunto é falta competência ou negligência Médica?

A DOR DE PERDER SEU PRIMEIRO FILHO ANTES DE VIM AO MUNDO COM VIDA!
Um casal de jovens natural do Município de Jordão, publicou nas redes sociais sua indignação e tristeza ao perder seu filho na Maternidade de Tarauacá. EDSON PEREIRA e MARIA DA CRUZ (PAIS), escreveram a seguinte mensagem:
Venho através desta nota pedir uma explicação e providencia das autoridades competentes que investiguem os problemas que vem acontecendo na maternidade de Tarauacá.

Dia 24 de janeiro de 2016, por volta das 21h55min, levei minha esposa para a maternidade, a mesma estava com dores de parto e perdendo sangue, sabendo que esta tinha uma gravidez de risco. Até certo momento estava tudo bem, mas no período da madrugada do dia seguinte minha esposa sentiu dores fortes e vômitos e com o passar das horas essas dores foram aumentando cada vez mais, eu e minha cunhada sempre perguntava para ela se o médico (a) já havia decidido alguma coisa sobre sua situação e ela sempre dizia que o médico (a) falava que ela tinha que esperar chegar à quantidade de centímetros certa e que ela iria dar a luz apenas à noite.

Por volta das 17h00min, minha cunhada falou com um empresário sobre o caso e logo ele ligou para um médico que o mesmo demorou pouco tempo para chegar à maternidade. Segundo informações de alguns pacientes ainda houve discursões entre os medico (a)s, sobre a situação e segundo a mãe da criança quando o outro (a) médico chegou, foi realizado procedimento de verificação de batimentos do coração da criança e não foram encontrados mais batimentos cardíacos. Logo após, foi realizado a cirurgia de emergência por volta das 18h30min, quase 21 horas depois de dá entrada na maternidade.

Por voltas das 16h00min, a mãe da criança afirma que sua filhinha que ela tanto esperava ainda deu vários sinais de vida (chutes e movimentos) enquanto estava dentro de sua barriga e que aumentou a intensidade por pouco tempo e a mãe sentiu dores fortes e sensação de desmaio. 

Lembrando que antes disso a mãe da criança estava a todo o momento pedindo para o médico (a) realizar seu parto Cesário e que pediu por tudo nesse mundo que fizesse o parto, pois, ela não tinha parto normal e o medico (a) falava que ela ia ganhar só à noite.

Como pai eu pergunto é falta competência ou negligência Médica?


Como poucos sabem esses casos já vem acontecendo a algumas semanas atrás e ninguém abre a boca pra falar nada.


NOTA DE ESCLARECIMENTO DA MATERNIDADE: Baixar

domingo, 24 de janeiro de 2016

COLUNA AMBIENTAL: 2015, o ano mais quente de nossas vidas.

* Ecio Rodrigues
 Está cada vez mais difícil de encontrar, mas ainda existem os que acreditam que o planeta não está esquentando – pelo contrário, está congelando –, embora as temperaturas tenham batido recordes seguidos de elevação, mês a mês, durante todo o ano de 2015.

Como não poderia ser diferente e como assenta a aritmética, o somatório de recordes mensais fez com que o ano de 2015 fosse o mais quente de nossas vidas, desde que se iniciaram as medições planetárias em 1880.

Os dados, acompanhados de um alerta de urgência para tomada de atitude, foram divulgados na última quarta-feira, dia 20 de janeiro de 2016, pelos órgãos americanos considerados excelência mundial no assunto: Nasa e Agência Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos, NOAA.

Para se ter uma ideia da gravidade que esses dados representam, a temperatura anual de 2015 aumentou em 0,90ºC, considerando a média do século XX. Ou seja, quase 1 grau acima da temperatura anual média observada no decorrer dos últimos 100 anos.

Os poucos que não acreditam na culpa da humanidade em relação ao aumento da temperatura, numa tentativa de desviar a atenção sobre o modelo de desenvolvimento atual, intensivo no uso de combustíveis fósseis (leia-se petróleo), haverão de jogar a responsabilidade sobre o fenômeno climático El Niño.

Sem embargo, os cientistas responsáveis pelas medições de temperatura são enfáticos quanto ao fato de que é simplesmente emergencial que a humanidade tome atitudes mais incisivas para reverter esse quadro – advertindo, inclusive, que o prazo estabelecido no histórico “Acordo de Paris”, assinado em 2015, pode ser intempestivo.

Conforme as metas assumidas pelos 192 países que assinaram o acordo (ou seja, praticamente o mundo todo), só a partir de 2030 seria levada a efeito uma série de intervenções, em especial as relacionadas à geração de energia sem petróleo, com vistas a impedir que o aquecimento do planeta chegue a 2 graus.

Os brasileiros, por exemplo, comprometemo-nos a zerar o desmatamento ilegal na Amazônia e a ampliar a participação de fontes renováveis de geração de energia elétrica na matriz energética nacional, com foco na construção de hidrelétricas e no plantio de florestas para biomassa.

Essas metas afetam, evidentemente, o cotidiano da Amazônia e situam os amazônidas no centro das discussões. Mas não se veem iniciativas dos governos estaduais para cumprimento do compromisso brasileiro. Por outro lado, a despeito de terem sido recebidas como ousadas em 2015, as metas de zerar o desmatamento ilegal e de construir hidrelétricas podem vir a ser consideradas irrelevantes em 2030. É aí que reside o principal alerta dos responsáveis pela medição de temperatura.

2015 foi o ano mais quente de nossas vidas. Diante de tão grave constatação, espera-se que as decisões reconheçam a dimensão do problema. Significa afirmar que o desmatamento ilegal deve ser zerado em tempo mais curto e, mais importante, o desmatamento legal urge ser igualmente reduzido a zero antes de 2030.

O consenso do “Acordo de Paris” não deixa espaço para dúvidas e discussões desnecessárias. O planeta está aquecendo, esse aquecimento causa tragédias como secas, alagações e tsunamis, o que põe em risco a vida das pessoas. Simples assim.

A superação da era do petróleo é um imperativo mundial; a Amazônia e nós, amazônidas, devemos dar a nossa contribuição, já!

ELEIÇÃO 2016 - Confira as principais datas previstas no calendário eleitoral do pleito deste ano.


O calendário das Eleições Municipais 2016, aprovado pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em novembro do ano passado, incorpora as modificações introduzidas pela Lei 13.165, aprovada pelo Congresso Nacional em 29 de setembro de 2015. O calendário contém as datas do processo eleitoral a serem respeitadas por partidos políticos, candidatos, eleitores e pela própria Justiça Eleitoral.


Conforme o previsto na Constituição Federal, a eleição será no dia 2 de outubro, em primeiro turno, e no dia 30 de outubro, nos municípios onde houver segundo turno. Os eleitores vão eleger os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos municípios brasileiros.


Filiação partidária


Quem quiser concorrer aos cargos eletivos deste ano deve se filiar a um partido político até o dia 2 de abril de 2016, ou seja, seis meses antes da data das eleições.


Convenções partidárias


As convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações devem ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto de 2016.


Registro de candidatos


Os pedidos de registro de candidatos devem ser apresentados pelos partidos políticos e coligações ao respectivo cartório eleitoral até às 19h do dia 15 de agosto de 2016.


Propaganda eleitoral


A campanha eleitoral foi reduzida de 90 para 45 dias, começando em 16 de agosto. O período de propaganda dos candidatos no rádio e na TV também foi diminuído de 45 para 35 dias, tendo início em 26 de agosto, em primeiro turno.


Teste público de segurança


O dia 31 de março é o prazo final para o TSE realizar o teste público de segurança do sistema eletrônico de votação, apuração, transmissão e recebimento de arquivos que serão utilizados nas eleições. As datas definidas para a realização do teste são os dias 8, 9 e 10 de março de 2016.


Campanhas institucionais


A partir do dia 1º de abril, o TSE deverá promover em até cinco minutos diários, contínuos ou não, requisitados às emissoras de rádio e televisão, propaganda institucional destinada a incentivar a participação feminina na política, além de esclarecer os cidadãos sobre as regras e o funcionamento do sistema eleitoral brasileiro.