quarta-feira, 22 de maio de 2019

Depressão: Saiba quando procurar ajuda


 Depressão: Saiba quando procurar ajuda
Sentir-se triste em diferentes acontecimentos da vida é normal, mas quando essa sensação começa a afetar o seu dia a dia e aparecer em longos períodos, é bom ficar de olho. Esses são sintomas de depressão.

Normalmente, ela começa a ser apresentada diante de várias atitudes, assim como: a presença de baixa autoestima, isolamento e uma tristeza profunda que parece que nunca acabar.

A depressão, ou também conhecida como “mal do século” é uma doença que afeta homens e mulheres, sendo mais frequente em mulheres de diferentes idades. Ela está diretamente ligada aos neurotransmissores como a serotonina – substância que transmite a sensação de bem-estar. Mas, além da sensação de infelicidade e tristeza constante, a depressão também atinge fisiologicamente, promovendo baixas no sistema imune, considerada um fator de risco para doenças cardiovasculares.

Depressão: principais sintomas

Os sintomas são diversos, mas não necessariamente porque você tem um ou alguns deles significa que sofre de depressão. Por isso, não se preocupe, o mais importante é procurar ajuda e fazer um diagnóstico completo. Conheça os principais sintomas:
- Irritabilidade;
- Ansiedade e angústia;
- Baixa autoestima;
- Cansaço e insônia;
- Pensamentos pessimistas e comportamentos compulsivos;
- Dificuldade de concentração;
- Diminuição no desempenho sexual;
- Perda ou aumento de peso;
- Falta de motivação e desejo de morte.
Depressão: como tratar?

A depressão não é tratada apenas com medicamentos, pois os fatores psicológicos e sociais são afetados, tais como: relacionamento, trabalho, família ou mesmo a forma de enfrentar o mundo, tornando-se um dos gatilhos para o surgimento da depressão e até mesmo traumas.

Para livrar-se desses sintomas, o mais importante é conversar com seu médico e verificar os motivos. Caso seja constatada a depressão, ele te recomendará medicamentos antidepressivos e, se necessário, sessões de terapia. Mas, para passar por essa fase ou mesmo evitar a depressão, investir na prática de exercícios físicos, técnicas de relaxamento e dieta podem ajudar, isso porque incentivam na liberação de hormônios que estimulam o bom humor.
msn Brasil

Talude de mina em Barão dos Cocais (MG) pode se romper até dia 25, diz ANM.

Área onde fica localizada a Mina de Gongo Soco, no município de Barão de Cocais (MG)

A ANM (Agência Nacional de Mineração) informou nesta 2ª feira (20.mai.2019) que o rompimento do talude do complexo da Mina de Gongo Soco, da Vale, no município de Barão de Cocais (MG), deve acontecer até o próximo sábado (25.mai.2019). A barragem é do mesmo tipo da que se rompeu em Brumadinho, em 25 de janeiro.

Talude é 1 plano de terreno inclinado que limita 1 aterro e tem como função garantir a estabilidade do aterro.
Segundo a agência, que interditou o complexo na última 6ª feira (17.mai.2019), o talude norte da cava de Gongo Soco estava se deslocando 10 cm por ano desde 2012, 1 deslocamento aceitável dada a dimensão da estrutura. No entanto, desde o fim de abril, a velocidade do deslocamento aumentou para 5 cm por dia.

“Se esta aceleração continuar, o rompimento do talude pode acontecer entre os dias 19 e 25 de maio”, alertou.

Eis a área onde fica a Mina de Gongo Soco:
De acordo com a ANM, dados da agência já indicam que, desde domingo (19.mai.2019), a velocidade de deslocamento do talude havia chegado a 7 cm por dia.

A agência já havia notificado a Vale e determinado que a empresa tomasse uma série de providências emergenciais, entre elas:
a suspensão imediata do tráfego do trem de passageiros no trecho do viaduto localizado a jusante [fluxo normal da água de um ponto mais alto para um ponto mais baixo] da cava;

o monitoramento por vídeo em tempo real das barragens;
a apresentação de estudo de comportamento da possível onda gerada pelo rompimento do talude norte.

Desde 2016, a cava e todas as obras já estavam paralisadas. Segundo a ANM, o risco de rompimento é do talude da cava e não da barragem, que fica a 1,5 km de distância da cava. A agência disse que a preocupação é que a vibração gerada pelo rompimento do talude influencie na segurança da barragem Sul Superior.

“Caso a vibração do impacto não chegue à barragem, a estrutura se manterá na condição atual, mas existe a possibilidade da ruptura ficar restrita ao interior da cava e não extravasar o material dentro dela [água e sedimentos]”, informou.
Caso haja rompimento da barragem, a ANM avalia que a onda de inundação chegaria em Barão de Cocais em cerca uma hora. A zona de auto salvamento – área onde não é possível realizar resgate imediato pela Defesa Civil – já foi evacuada desde fevereiro.

A Defesa Civil de Minas Gerais fez 1 mapeamento da área que pode ser atingida em caso de rompimento da barragem e dos pontos de encontro a serem utilizados pelos moradores da Zas: Leia mais



Câmara faz acordo para votar MP que reduz ministérios no governo Bolsonaro.


Líder do governo no Senado afirmou que recriação dos ministérios da Cidade e da Integração Nacional não deve mais ser discutida
O plenário da Câmara dos Deputados deve votar nesta quarta-feira 22 a Medida Provisória (MP) 870, que trata da reforma administrativa que reorganizou os ministérios na gestão do presidente Jair Bolsonaro. Se for aprovada, ela pode seguir para discussão no Senado ainda nesta semana – a votação nesta Casa, porém, só deve acontecer na próxima semana.

O acordo para a votação foi fechado em uma reunião entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o líder do governo no Senado Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), nesta manhã. A MP tem prazo de validade até 3 de junho.

Se não for aprovada até lá, há a interpretação de que o governo seria obrigado a recriar os ministérios que existiam durante o mandato do ex-presidente Michel Temer. Bolsonaro, ao assumir, reduziu o número de pastas de 29 para 22.

Os parlamentares não devem alterar o texto da MP para extinguir o Ministério do Desenvolvimento Regional e recriar os ministérios das Cidades e da Integração Nacional, como havia sido anunciado na semana passada. Os deputados querem evitar dar argumentos para que Bolsonaro continue acusando o Congresso de atrapalhar o seu governo.

De acordo com Bezerra, a proposta de recriação dos ministérios foi sua sugestão e teve o apoio dos presidentes das duas Casas e do governo. “Ocorre que, aprovado o relatório, surgiram muitas declarações dentro e fora do parlamento de que isso tinha sido uma iniciativa dos presidentes das Casas para pressionar por espaços [no governo]. Os presidentes comunicaram que o melhor seria zerar o jogo e devolver a estrutura original apresentada pelo governo”, disse o senador.

Nesta segunda-feira, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, admitiu que há o risco de o Congresso aumentar o número de ministérios, mas cobrou “bom senso” dos deputados. Já Bolsonaro afirmou no fim de semana esperar que o Congresso aprove a MP na íntegra, da forma como ela foi enviada ao Legislativo.

Antes de chegar ao plenário da Câmara, a MP da reforma administrativa passou por uma comissão mista no Congresso e foi modificada por deputados e senadores. As alterações mais significativas representaram derrotas para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) foi retirado da pasta comandada pelo ex-juiz federal e transferida para o Ministério da Economia, sob responsabilidade de Paulo Guedes. Além disso, a nova versão da MP também devolveu a Fundação Nacional do Índio (Funai) para o guarda-chuva de Moro – o que ele não quer.

No entanto, o plenário da Câmara pode rejeitar o relatório de Bezerra Coelho e manter a estrutura administrativa do governo Bolsonaro como prevista no documento assinado pelo presidente no dia 2 de janeiro.

Fonte MSNBRASIL (com informações do Estadão Conteúdo)


Termelétricas alemãs estão entre as mais poluentes da UE.


 Resultado de imagem para termo eletrica alemas
Estudo inclui dez termelétricas da Alemanha entre as 30 mais prejudiciais ao clima na UE, arranhando a imagem do país que lidera redução das emissões de CO2 no bloco. Bruxelas critica planos para usinas a carvão fóssil.

De acordo com um estudo do Instituto de Ecologia Aplicada (Öko-Institut) de Freiburg, encomendado pela ONG ambientalista WWF e divulgado nesta quinta-feira (10/05) em Berlim, dez termelétricas alemãs estão entre as 30 mais poluentes da União Européia.

Seis dessas usinas estão localizadas no estados da Renânia do Norte-Vestfália, de Brandemburgo e da Saxônia. A líder alemã neste ranking negativo é a termelétrica de Niederraussen, na Renânia, que em 2006 teria emitido 27,6 toneladas de CO2 (veja a lista abaixo em PDF).

A termelétrica mais poluidora da UE, de acordo com o estudo, é a de Ágios Dimitrios, na Grécia, que despeja 1,35 kg de CO2 na atmosfera por quilowatt/hora gerado.

Segundo o WWF, a análise baseou-se em dados levantados em 2006, no âmbito do comércio de emissões. O estudo mostrou que, no ano passado, as "trinta termelétricas mais sujas" foram responsáveis pela emissão de 393 milhões de toneladas de CO2, o que corresponde a 10% das emissões européias.

Críticas a novos projetos
O WWF conclamou o governo em Berlim a finalmente cortar os subsídios e privilégios concedidos à "geração de energia prejudicial ao clima" à base de linhita [um tipo de carvão fóssil de cor acastanhada e com alto teor de carbono].

Essa política, acrescenta a organização ecológica, contradiz o discurso da chanceler federal alemã, Angela Merkel, que faz uma campanha mundial pela redução das emissões dos gases do efeito estufa e pelo uso de métodos alternativos de geração de energia.

Os planos da Alemanha, de construir pelo menos mais 26 novas termelétricas a carvão fóssil, vem sendo criticados pela Comissão Européia. O comissário de Meio Ambiente da UE, Stavros Dimas, lembrou que, sob a presidência alemã, o bloco decidiu reduzir em 20% as emissões de C02 até 2020.

A UE terá nos próximos 20 anos uma demanda adicional de 100 mil megawatts de energia. Por isso, vários países tentam aumentar a eficiência de suas termelétricas. Em média, termelétricas a carvão produzem duas vezes o volume de CO2 emitido por termelétricas a gás e até 70 vezes mais do que as hidrelétricas.

Arranhando a imagem do país

As termelétricas a linhita não só poluem o ar como também arranham a imagem da Alemanha como o país que, segundo a Agência Européia de Meio Ambiente, é líder europeu na proteção ao clima.

"Em 2005, a Alemanha foi o país que mais contribuiu com a redução do efeito estufa na UE, à frente da Finlândia e da Holanda", revelou um perito da agência na quarta-feira (09/05) em Copenhague, referindo-se a um relatório a ser divulgado em junho próximo.

De acordo com dados fornecidos por Berlim a Bruxelas, a Alemanha reduziu em 2,5% as emissões de CO2 e outros gases prejudiciais ao clima, enquanto a média européia em 2005 foi de apenas 0,8%. O país é responsável por cerca de 25% das emissões dos 15 "antigos" membros da UE. 

Fonte: made for minds 

terça-feira, 14 de maio de 2019

Servidores do Ibama e fazendeiros são presos em operação contra crimes ambientais no Acre.


Resultado de imagem para servidores do ibama são presos na amazonia
Ação ocorre no Acre, Amazonas e Minas Gerais. Segundo órgão, multas eram aplicadas a ‘laranjas’ e área desmatada é duas vezes maior do que área urbana de Rio Branco.

Quinze pessoas foram presas e encaminhadas para a sede da Polícia Federal do Acre, nesta quarta-feira (8), em uma operação contra crimes ambientais cometidos por servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Policiais Militares e fazendeiros.
Os suspeitos são dos estados do Acre, Amazonas (AM) e Minas Gerais (MG). Ao todo, estão sendo cumpridos 18 mandados de prisão preventiva e 36 de busca e outras diligências. Os investigados somam R$ 147 milhões em multas do Ibama, referentes a 86 mil hectares da Floresta Amazônica.

Imagem relacionada
A operação, denominada Ojuara, investiga crimes praticados por grandes fazendeiros e, de acordo com a PF, os suspeitos invadiam áreas de preservação para fazer o desmatamento e ameaçavam moradores. Eles seriam protegidos por policiais militares do Amazonas, e conseguiam se livrar das multas com ajuda de funcionários do Ibama, e com a ciência do ex-superintendente do órgão no Acre.

Foram presos PMs do Amazonas, servidores do Ibama no Acre, além de fazendeiros. Os demais mandados de prisão ainda estão sendo cumpridos. As áreas de mata desmatadas eram para criação de gado, segundo a PF.
De acordo com as investigações que estão em andamento desde 2017, a organização criminosa é responsável por extensos desmatamentos no sul do Amazonas, lavagem de dinheiro e corrupção. A PF informou que alguns servidores do Ibama, que estariam sendo liderados pelo ex-superintendente regional do órgão no Acre, estavam recebendo vantagens indevidas para cometer os crimes.

As multas por desmatamento, por exemplo, eram aplicadas a ‘laranjas’ em substituição aos verdadeiros responsáveis, que repassavam informações privilegiadas acerca das datas e locais das fiscalizações ambientais e deixavam de apreender maquinário utilizado para desmatamentos.

Além disso, foi constatado o crime de grilagem na área. Segundo as investigações, alguns pecuaristas invadiam terras da União, comandavam desmatamentos e contratavam policiais militares para fazer a proteção das máquinas e das áreas de desmatamento.

Os moradores dessa área eram expulsos e ameaçados. Durante o período de investigação, uma tentativa de homicídio contra um pequeno produtor foi registrada.

Ao longo dos últimos anos, os investigados foram alvo de 169 autos de infração lavrados pelo Ibama, somando aproximadamente R$ 147 milhões em aplicação de multas, referente a uma área de 86 mil hectares, duas vezes maior do que a área urbana de Rio Branco.

A Operação
São mais 180 policiais envolvidos na operação que ocorre no Acre, Amazonas e Minas Gerais. O Exército também reforçou a ação. A operação recebeu o nome de Ojuara, por ser tema de livro e filme brasileiros que narram as aventuras do personagem, indivíduo que teria desafiado o Diabo, fazendo referência ao codinome de um dos investigados.


G1 Acre

Deputado Jesus Sérgio promove audiência para debater preço das passagens aéreas.


Resultado de imagem para jesus sergio

Por solicitação do deputado federal Jesus Sérgio (PDT), a Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados realiza, nesta terça-feira (14/05), às 14 horas, audiência pública para debater o preço das passagens aéreas em voos domésticos cobradas do Estado do Acre.

A ANAC editou em dezembro de 2016, a Resolução nº 400, que retirava do consumidor o direito do despacho da bagagem, que seria, a partir de então, um contrato acessório oferecido pelo transportador, com a intenção de provocar a queda do preço do bilhete.

Segundo Jesus Sérgio, o preço praticado pelas companhias aéreas para qualquer cidade brasileira tem destaque negativo ainda maior quando a passagem é para Rio Branco ou Cruzeiro do Sul, no Acre. “Tomando como base as partidas da capital federal, um bilhete Brasília/Rio Branco/Brasília ultrapassa facilmente o valor de R$ 4 mil reais quando comprado com menos de 10 dias de antecedência. Preços assim afastam investidores e inviabilizam políticas públicas de atração de turistas”, justifica. (ASSESSORIA)

Postado por ACCIOLY 



quinta-feira, 9 de maio de 2019

Temer diz que irá se apresentar 'voluntariamente' à Justiça nesta quinta.


Resultado de imagem para michel temer
O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse que irá se apresentar "voluntariamente" à Justiça nesta quinta-feira (9). A afirmação foi dada a jornalistas que o aguardavam na porta de sua casa, em Alto de Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo, na noite desta quarta, após o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidir pela revogação do habeas corpus do ex-presidente e de João Baptista Lima Filho (Coronel Lima), amigo dele.



"Em primeiro lugar, decisão da Justiça se cumpre. Segundo ponto, claro, eu a considero inteiramente equivocada sob o foco jurídico. Eu sempre sustentei que nessas questões todas não há prova. Para mim, foi uma surpresa desagradável, mas eu amanhã me apresento voluntariamente", disse. "Claro que com muita lamentação. É uma injustiça, não só injustiça, mas uma invericidade."

O ex-presidente acrescentou que irá recorrer da decisão. “Já falei com o advogado, ele apresentará um habeas corpus ao Superior Tribunal de Justiça. Ou seja, vou defender os meus direitos até o fim”, afirmou.

Temer é acusado de liderar uma organização criminosa que teria negociado R$ 1,8 bilhão em propina. Ele foi preso em 21 de março, durante a Operação Descontaminação, que teve como base a delação do dono da Engevix e investigações sobre obras da usina nuclear de Angra 3 (leia mais abaixo).

Com a decisão desta quarta, o alvará de soltura será recolhido, e a 7ª Vara Federal Criminal, que determinou inicialmente a prisão, será oficiada para expedir os mandados de prisão preventiva.
A pedido da defesa, o TRF-2 informou que recomendará à juíza Caroline Figueiredo – que substitui o juiz Marcelo Bretas em suas férias na 7ª Vara – que permita que os dois se apresentem em São Paulo, onde vivem, em locais a serem determinados. A juíza também decidirá os locais para onde os presos serão levados.

G1.com

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Tarauacá: Estudantes e professores da escola João Ribeiro realizam protestos nesta quinta feira.


O calor forte tem prejudicado o desempenho das atividades escolares na Escola de Ensino Médio João  Ribeiro. Com o início do verão a situação ficou insustentável. A temperatura dentro das salas de aula beiram a casa dos 45 graus. 

Desde o início do ano de 2019 o governo mandou instalar aparelhos de ar condicionado nas salas, construiu um subestação elétrica e até o momento a empresa de energia não ligou a rede da escoa na rede de distribuição.

"Promessas não faltam. Recentemente o Secretário Estadual de Educação esteve visitando a escola e viu o problema de perto. O mesmo disse que o governo tomaria as providência e até agora nada resolvido" disse um professor.

Diante da situação estudantes, representado líderes de salas, juntamente com os professores, decidiram realizar uma mobilização para chamar a atenção do governo. O movimento deve receber adesão de outras escolas que estão na mesma situação.

A manifestação acontece as 9 horas, desta quinta feira, onde os manifestantes vão fechar a Avenida Antônio Frota em frente a escola e depois caminharão até o núcleo de educação para entregar um documento (abaixo - assinado) aos representes do governo estado no município.



domingo, 10 de março de 2019

Gol já opera com voos diurnos desde sexta-feira e Gladson comemora mudanças.



Operações diurnas foram possíveis graças a um esforço pessoal do governador, que reduziu a alíquota do ICMS para o querosene de aviação

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, comemorou o retorno dos voos diurnos para Rio Branco e Cruzeiro do Sul, da Gol Linhas Aéreas. As novas frequências começaram nesta sexta-feira, 8, permitindo mais comodidade aos acreanos que se deslocam ou que retornam de Brasília, o centro de conexão das empresas do país.
Os novos horários vão permitir um acréscimo de mais de 290 novos assentos diários nas aeronaves da companhia e só foram possíveis graças ao empenho pessoal de Gladson Cameli, desde janeiro, quando esteve na presidência do Instituto Gol para reuniões com o CEO da empresa, Claudio Neves Borges.

O retorno dos voos diurnos é resultado de uma medida do governador, de baixar o Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços, o ICMS, sobre o querosene de aviação no Acre. Antes, segundo os executivos da companhia, o imposto onerava significativamente as operações, no período do dia, para o Acre.
“Os acreanos mereciam essa flexibilidade porque eram muito prejudicados nas conexões para outras cidades do país, quando os voos eram de madrugada. Agora isso acabou, gerando mais comodidade para a nossa população que utiliza o avião comercial como meio de transporte por uma necessidade trivial”, ressaltou Gladson  Cameli.

Pela nova programação, o voo 2046 parte de Brasília às 9h30, com chegada às 10h55 em Rio Branco, sempre às segundas-feiras, terças, quartas, sextas-feiras e sábados.
Passageiros para Cruzeiro do Sul desembarcam às 12h35, em Cruzeiro. Para a segunda maior cidade do Acre, o voo 1769 deixa Rio Banco às 11h30.

Já de Cruzeiro do Sul a Rio Branco, o voo 1770 deixa o Vale do Juruá às 13h05 com chegada a Rio Branco às 14h15.

O voo 2047, de Rio Branco para Brasília, decola da capital acreana às 14h45, com chegada à capital federal às 19h45, também às segundas-feiras, terças, quartas, sextas-feiras e sábados.

Os voos para Manaus, ou vindo da capital amazonense para Rio Branco, continuam noturnos. O 1854 decola de Manaus às 23h30 e pousa na capital acreana a 00h25, nas sextas-feiras e nos domingos. Na rota contrária, o voo 1859 deixa Rio Branco a 01h25, chegando a Manaus às 04h15, nas segundas-feiras e sábados.

Agencia de Notícia do Acre

Governo vai oferecer proteção inédita no estado a mulheres vítimas de violência.



Pré-lançamento do ‘Botão da Vida’ acontece no próximo dia 15; policiamento especializado dará suporte a mulheres agredidas.

O Governo do Estado do Acre já é protagonista de um novo tempo quando o assunto é amparo a mulheres vítimas de violência. E um dos mecanismos importantes para reduzir as agressões e os feminicídios – termo usado quando a pessoa é assassinada simplesmente por ser do sexo feminino –, é a implantação de uma rede permanente de proteção jurídico-policial a mulheres em situação de medida protetiva.

O governo Gladson Cameli já põe em prática uma série de ações para baixar os números de feminicídios no estado – 3,2 mortes a cada grupo de 100 mil mulheres, segundo o Monitor da Violência do G1 e USP –, reduzindo também a reincidência de agressões físicas e psicológicas por meio do programa ’Patrulha Maria da Penha, Botão da Vida’. A informação é da advogada Isnailda Gondim, coordenadora Estadual de Políticas para Mulheres, do Instituto de Assistência e Inclusão Social.

Em Rio Branco, pelo menos 750 mulheres estão hoje sob a condição de medida protetiva porque foram vítimas de violências por parte de seus companheiros e ex-cônjuges, segundo a Coordenadoria da Mulher.
Em entrevista nesta sexta-feira, 8, ao ‘Jornal das 12’, da Rádio Cidade, por ocasião do Dia Internacional da Mulher, Gondim disse que esse é o número de inquéritos policias que se tornaram processos judiciais nas varas de proteção do Judiciário, apenas na capital. O volume aumenta consideravelmente se somados aos casos dos municípios do interior do estado.

Na opinião da coordenadora, é preciso, principalmente, sensibilizar os deputados estaduais, federais e os senadores para a destinação de recursos de emendas de bancadas que ampliem os serviços de proteção aos demais municípios, destacando a estratégica importância da adoção de dispositivos, de soluções e programas de tecnologia de informação e de comunicação inovadoras, que possibilitem a efetividade de serviços públicos, mediante baixo custo para o estado.

Ela se refere, por exemplo, ao aplicativo de celular ‘Botão da Vida’, que já está em fase de conclusão e que a partir do próximo dia 15 deste mês, terá o seu pré-lançamento, começando por ser abastecido com as informações do Tribunal de Justiça sobre os agressores e as suas vítimas.
Por meio do dispositivo, uma equipe de policiais composta por dez homens e cinco mulheres, devidamente treinados para atender a esse tipo de ocorrência, fará o monitoramento de indivíduos que eventualmente estejam voltando a importunar suas vítimas, bastando para isso, que a mulher acione, pelo aplicativo, um chamado ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública, o Ciosp.

“As pessoas estão muito preocupadas com as políticas públicas e colocando no governo a responsabilidade. E não estamos tirando a responsabilidade do governo, mas conscientizando que além do Executivo, essa preocupação também deve ser de todos os poderes, das instituições não-governamentais e da sociedade em geral”, ressalta Gondim.

Neste sentido, segundo a coordenadora, uma sessão solene na Assembleia Legislativa do Estado do Acre, marcada para o dia 14 deste mês, vai lançar o ‘Selo Guardião’, quando será protocolado projeto de lei, por meio da Comissão da Mulher Advogada, para que o programa ’Patrulha Maria da Penha, Botão da Vida’ não seja apenas uma política de proteção do governo Gladson Cameli, mas de todos os governos subsequentes. “É preciso que ao programa, independentemente do governo que vier, seja dado uma sequência”, pontua Isnailda Gondim.

Assessoria de imprensa

quinta-feira, 7 de março de 2019

Governo Bolsonaro reduz gastos com cartões corporativos em 28%.


Resultado de imagem para palacio do planalto
Uma boa noticia para quem acredita que o Brasil ainda tem jeito foi, os valores foram divulgados pela Controladoria-Geral da União (CGU), sobre os gastos com cartões corporativos do governo Bolsonaro.

De acordo com dados divulgados pela CGU, os gastos com cartões corporativos nos dois primeiro meses do governo Jair Bolsonaro apresentaram uma economia de 28% em relação à média dos últimos quatro anos.

Ao todo, 1.846 servidores continuam registrados para usar os cartões corporativos do governo Jair Bolsonaro. Eles foram responsáveis por um gasto total de R$ 5,3 milhões até agora no ano.

Quando considerados todos os órgãos do governo, houve uma economia de 28% em relação à média dos últimos quatro anos.










Fonte: Diário Conservador

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Médico e deputado acreano vai auxiliar no atendimento às vítimas de tragédia em Brumadinho.


Esta não é a primeira vez que Jenilson se envolve me missões solidárias , em 2010 ele foi ao Haiti, logo após o terremoto que devastou o país

O médico infectologista e deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), embarca na sexta-feira (8) para a cidade de Brumadinho (MG) para auxiliar no atendimento das vítimas da tragédia que atingiu a cidade há duas semanas, quando uma barragem da Vale se rompeu, ocasionando a morte de pelo menos 150 pessoas, outras 182 pessoas continuam desaparecidas.

O convite partiu da Liga Brasileira de Médicos Voluntários e outros médicos residentes do Acre devem acompanhar o parlamentar. Esta não é a primeira vez que Jenilson se envolve me missões solidárias diante de tragédias ou mesmo da necessidade de ajudar famílias carentes, em 2010 ele foi ao Haiti, logo após o terremoto que devastou o país. Este ano, coordenou a ‘Missão de Saúde do Dr. Baba’ oferecendo atendimento ambulatorial em um barco para ribeirinhos e indígenas os municípios de Feijó, Tarauacá e Jordão.

“Faço isso da mesma maneira que fiz quando fui convidado para ir ao Haiti, quando em diversos momentos tivemos o desprendimento e a sensibilidade de participar de missões como a Dr Barba e pra mim é uma honra poder auxiliar quem está precisando”, disse Jenilson ao ContilNet.

Uma grande comoção toma conta de Brumadinho. No 14º dia de buscas, completados nesta quinta-feira (7), homens do Corpo de Bombeiros utilizaram 250 aparelhos de geolocalização que permite a localização em tempo real de cada bombeiro, que pode solicitar apoio e socorro.

“Tem muita gente sofrendo, é uma comoção muito grande mas nós que somos da area de saúde, temos que ter uma postura de lidar com uma situação como essas”, destacou Leite.

Contilnet.com

Condenado a mais de 13 anos, preso passa no 7º lugar em agronomia no interior do AC.



Condenado a mais de 13 anos de prisão por ter tido uma filha com uma adolescente de 14 anos. O detento Jonatan de Souza, de 28 anos, conseguiu passar em 7º lugar no curso de agronomia na Universidade Federal do Acre (Ufac) em Cruzeiro do Sul. Ele cumpre a pena no presídio Manoel Néri da Silva e essa foi a segunda vez que fez a prova.

Mesmo tendo o relacionamento com a menina, Souza foi condenado por estupro, porque ter relação sexual com menores de 14 anos é considerado crime.

No fim do ano passado, ele fez Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e foi convocado na primeira chamada do Sisu para o curso de agronomia. Ele já tinha tentado uma vez ingressar na Ufac, mas só agora atingiu uma média de pontos suficiente para conquistar uma vaga.

A esposa dele, Jaqueline Coimbra, na primeira vez ele não atingiu média suficiente, mas, dessa vez, o preso conseguiu uma média de 600 pontos.

Com essa nota, ele foi aprovado na primeira chamada ficando em sétimo lugar no curso de Agronomia nas vagas de ampla concorrência. A mulher conta que o marido sempre teve uma inteligência acima da média e gosta muito de ler.

“Ele sempre estudou em escola pública e já frequentou a faculdade de ciências contábeis, mas não concluiu. Ele sempre foi muito inteligente e sempre leu muito. É tanto que, quando ele foi preso eu levava muito livro para ele ler”, disse Jaqueline.

Souza já providenciou a matrícula e, para frequentar as aulas, que começam em março, depende de uma autorização da Vara de Execuções Penais. De acordo com a especialista em execuções penais da penitenciária, Vanila Pinheiro, a solicitação para liberação do preso para os estudos já foi feita.

“Uma vez que ele está em regime fechado, é preciso essa liberação para estudo. Temos mais dois que estão em regime fechado e que já passaram em edições anteriores do Enem e estão em monitoramento. Eles passam o dia na Ufac, monitorados por tornozeleiras eletrônicas, e à noite e nos finais de semana retornam ao presídio”, explica Vanila.

O Alto Acre

Prefeito de Manoel Urbano sofre tentativa de envenenamento.



A Polícia Civil está investigando uma possível tentativa de envenenamento ocorrida na prefeitura de Manoel Urbano. A vítima foi uma servidora, mas o prefeito Tanízio Sá, acredita que o alvo da tentativa de envenenamento teria sido ele.
O envenenamento se deu quando a funcionária, que não teve o nome divulgado, tomou uma água que estaria com algum produto que causou reação. A servidora foi encaminhada ao hospital do município.
Câmeras de segurança da parte interna e da área externa da prefeitura estão sendo consultadas para verificar possíveis suspeitos.
“Estão vindo equipes da Polícia Civil e peritos. Mandei fazer uma análise particular da água e a polícia está levando uma amostra para comprovar”, informou o prefeito.
Tanízio Sá disse que o fato não vai deixá-lo abatido. “Uma coisa que não tenho na minha vida é medo. Vim para cá com um propósito e vou cumprir minha missão, doa em quem doer. Estou firme. Vou continuar o que tenho que fazer. Quem fez isso vai ser penalizado”, declarou o prefeito.
A desconfiança do prefeito é que tenham usado soda cáustica para contaminar a água.
Tanízio demitiu, recentemente, servidores contratados por meio de concurso público alegando superfaturamento na folha de pagamento do município. A situação, de acordo com a gestão, estaria ferindo a lei de responsabilidade fiscal.
 Ac24Horas.com

Cadê o Dinheiro? Duarte quer saber quantos milhões o Detran do Acre arrecadou em 2018 com multas.


Um requerimento foi protocolado na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira, 7, pedindo extratos bancários com informações a respeito da arrecadação de multas de trânsito no ano de 2018. O documento é de autoria do deputado Roberto Duarte que enfatizou que o objetivo é saber onde esses recursos são aplicados.
“Vamos começar a verificar tudo o que ocorreu no passado. Sabemos que existem milhares de notificações e multas aplicadas e com base nisso, é necessário transparência. Essa verba tem destinação específica para serem gastos com educação no trânsito”, disse.
O discurso de Duarte foi reforçado pelo deputado José Bestene (Progressistas) que lembrou da chamada “Indústria das multas” que segundo ele foi criada nos últimos 4 ou 5 anos. “Eu acho o governo tem que olhar com muito carinho para criar uma prevenção em relação a isso. Não é possível ter uma avenida que você não pode andar em 40 km e momento depois passa para 60, ou 50km. A nova gestão precisa rever algumas situações de trânsito com responsabilidade para beneficiar a população’, disse.
Fonte: Ac24Horas.com

Tráfego em trecho da BR-364 que havia desmoronado é liberado pelo DNIT.



Às 21h15min (horário de Rondônia) o tráfego de veículos na BR-364, no Km 464, foi liberado para todos os veículos. A previsão de liberação da pista era para a tarde de sexta-feira, 8, mas o trabalho intensivo de equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) do estado de Rondônia, adiantou os serviços da obra de restauração da ponte, situada entre as cidades de Jaru e Ariquemes.

A cabeceira da ponte desmoronou em Cacaulândia (RO) e acabou sendo arrastada por um córrego formado depois de uma forte chuva na região.
O presidente da Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agrícola do Acre (Acisa-AC), Celestino Bento, confirmou que dezenas de carretas de cargas do Acre ficaram congestionadas nos arredores do local enquanto estava interditado. “Ficamos algumas horas com dezenas de caminhões parados nos arredores do local interditado, estacionados em postos de gasolina ou aguardando em seus locais de origem”, relatou.
Ainda segundo Bento, equipes estiveram no local trabalhando para liberar a BR o mais breve possível. A rodovia precisou ser interditada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para evitar o tráfego de veículos e pedestre no trecho atingido, já que o comprometimento da ponte acabou abrindo um buraco no meio da pista, impedindo qualquer tipo de passagem no local.
Em nota, o Corpo de Bombeiros do Estado de Rondônia, por meio da Defesa Civil, informou nessa quinta-feira, 7, que “o tráfego na altura do KM 464 da BR-364, próximo a Fazenda Nova Vida, situada no Km 473, foi totalmente interrompido, por motivo de desmoronamento da cabeceira da ponte Córrego Andirá”.
As equipes também informaram que a rota alternativa, que seria pela RO-257, a qual liga Ariquemes, Jaru e Machadinho, também ficou interditada, no Km 16, na altura da ponte sobre o Rio Branco.



Presidente Jair Bolsonaro é diagnósticado com pneumonia mais diz estar tranquilo.




Os médicos que cuidam do presidente Jair Bolsonaro (PSL), internado há 11 dias no hospital Albert Einstein, em São Paulo, detectaram em tomografia de tórax e abdome uma "imagem compatível com pneumonia", segundo boletim médico divulgado nesta quinta-feira.

O presidente, que se recupera de uma cirurgia para reconectar o intestino após o atentado a faca que sofreu, também teve febre na noite de quarta-feira e já vinha tomando antibióticos, que agora serão substituídos. "Estamos muito tranquilos, bem e seguimos firmes", escreveu Bolsonaro em seu perfil no Twitter nesta quinta.

De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, os exames também detectaram uma "boa evolução do quadro intestinal", segundo o boletim médico que leu diante de jornalistas. Ainda segundo o documento, o presidente, internado na unidade semi-intensiva do hospital, "continua sem dor, com sonda nasogástrica [que vai do nariz até o estômago], dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação a alimentação parenteral". Nesta quinta ele ainda realizou exercícios respiratórios e caminhou pelo corredor.

Bolsonaro foi internado no dia 27 de janeiro para se submeter, no dia seguinte, a uma cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia que o acompanhava desde que foi esfaqueado por Adélio Bispo de Oliveira no dia 6 de setembro do ano passado, durante um ato de campanha em Juiz de Fora (Minas Gerais). A operação de semana passada, que consistia em ligar o intestino delgado e parte do intestino grosso, foi considerada um sucesso e estava previsto que Bolsonaro receberia alta em até dez dias. O presidente chegou a reassumir o cargo e a montar um gabinete no hospital para despachar normalmente.

Contudo, seu quadro clínico piorou nos dias seguintes. No último sábado, o presidente teve náuseas e vômitos devido a uma paralisação no intestino delgado, o que levou os médicos a colocarem uma sonda nasogástrica. Segundo os médicos, o intestino voltou a funcionar entre domingo e segunda.

Em seguida, novos exames foram realizados e os médicos introduziram na segunda antibióticos para atacar qualquer possibilidade de infecção, que aumenta devido vulnerabilidade de um organismo debilitado pela operação. Nesse dia também foi identificado "uma coleção líquida ao lado do intestino na região da antiga colostomia". O presidente foi então submetido "à punção guiada por ultrassonografia e permanece com dreno no local".

Segundo o porta-voz, Bolsonaro está com dificuldades para dormir, e a equipe médica considera "auxiliá-lo para que ele durma um pouco mais". Não falou especificamente em medicação.


EL PAIS

Sobe para 157 número de mortos por rompimento de barragem em Brumadinho.



(Reuters) - Chegou a 157 o número de mortes confirmadas por conta do rompimento da barragem de rejeitos de mineração operada pela Vale em Brumadinho (MG), informou a Defesa Civil de Minas Gerais, que também disse que ainda existem 182 pessoas desaparecidas.


De acordo com a Defesa Civil mineira, dos corpos já resgatados em meio à onda de lama lançada pela barragem da Vale, 134 cadáveres já foram identificadas pelas autoridades. Segundo os números divulgados, três pessoas ainda estão hospitalizadas e 133 estão desabrigadas.

A barragem da Vale na mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, se rompeu no dia 25 de janeiro, lançando uma onda de lama que devastou um centro administrativo da Vale, incluindo um refeitório onde pessoas almoçavam.

Também foram destruídas uma pousada que estava no caminho da lama liberada pela barragem e partes da cidade de Brumadinho.
(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Fonte: MSN-Brasil