segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Crueldade no estado do Pará. Assassinos após matarem, cortam o corpo da vítima





O crime bárbaro que chocou a população paraense foi desvendado e os acusados Savana Nathália Barbosa Cruz e  Raimundo Nonato Ferreira dos Santos foram presos após 32 dias de fuga, graças ao brilhante trabalho da equipe Polícal.
Ambos com prisão preventiva decretada pela Justiça, a mulher foi detida em Almeirim, município no oeste do Estado, quando viajava de barco para o Amapá. Raimundo foi preso no município de Novo Repartimento, no sudeste paraense, quando tentava embarcar para o Maranhão.  
A Polícia já tem certeza que os dois são os autores do assassinato, mas ainda precisa esclarecer qual a participação de cada um no crime. Outra pergunta ainda sem resposta é a localização da cabeça da vítima. Raimundo disse para os investigadores que abandonou a cabeça de Joelson em uma lixeira, na BR-316. Os policiais investigam essa informação. 
O casal encontra-se preso, à disposição da Justiça.