quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Casa de prostituição de Guadalajara usa ilegalmente imagem de gêmeas do nado sincronizado do Brasil.

bia branca 700 
Leonardo Siegl/R7
 
Uma casa de prostituição de Guadalajara está usando ilegalmente uma foto das gêmeas brasileiras do nado sincronizado, Bia e Branca Feres, para promover seus espetáculos e chamar clientes para o estabelecimento.
 
O R7 recebeu um cartão em uma rua de Guadalajara da Galeón Night Club com a imagem de um ensaio fotográfico feito pelas gêmeas. Nele, elas aparecem de costas, abraçadas e com um biquíni amarelo.

O COB (Comitê Olímpico Brasileiro) condenou a utilização da imagem das atletas brasileiras pela casa de prostituição e está levando o assunto ao Copag (Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara).

- A Missão Brasileira repudia veementemente a citação de atletas brasileiros, mesmo que não integrantes da delegação em Guadalajara, em um site mexicano de prostituição. A Chefia de Missão levará formalmente o repúdio para a reunião diária do COPAG.

Não há menção alguma aos Jogos Pan-Americanos no cartão, mas Bia e Branca foram usadas para estampar a imagem do estabelecimento, localizado perto do centro de Guadalajara.

Bia e Branca Feres foram reveladas nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, quando ficaram com a medalha de bronze no nado sincronizado por equipes.

Fonte R7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário